Editorial

A Catarse faz o Bodoqe. O Bodoqe faz a Catarse.
E a Catarse faz o caminho. Com os seus pés, marca sua própria trilha e cria suas raízes na ética e na dignidade de um jornalismo independente.
Nossos princípios são nossa carne e nossos ossos. Circulam por nossas veias.
A Catarse não tem medo de se mostrar. Com o Bodoqe, quer acertar a mínima imprensa que, a partir de hoje deixará de ser chamada de “grande imprensa”, pois de grande não tem nada. É pequena, é medíocre.
O dinheiro não a torna grande. Pode deixar forte, mas não grande.
Porque grande e forte são todos que lutam por um jornalismo como ele tem que ser: ético, justo, solidário e digno.
A luta é árdua. Mas cada passo nos dá a certeza da escolha certa.
O coletivo vai contra a mesmice que não soma, que só subtrai.
O coletivo quer mostrar os desvios da informação que a mínima mídia vende em suas prateleiras.
O coletivo quer a Catarse.E aí está a Catarse – Coletivo de Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *