Independize o seu Pensamento



A Catarse realizou em agosto, o primeiro Independize o seu Pensamento – Mostra e Conversa sobre Vídeos Curtas-metragens. Foram dois encontros, um no bairro Humaitá, em Porto Alegre, e outro em Guaíba, com exibição de filmes produzidos pela cooperativa e por outros produtores independentes, seguidos de debates.

Leia o texto que lança a proposta da Mostra:

O Independize o seu Pensamento surge com a proposta de discussão e produção de um audiovisual próprio, sem amarras e completamente aberto a experimentações.

O grupo é formado por, acima de tudo, artistas que têm a ânsia por contar uma, duas, três… mil histórias diferentes de uma ou duas ou mil maneiras diferente. Não queremos fazer filmes para meia dúzia ver e dois entender. Não queremos cobrar entrada a R$12,00. A gente quer levar o cinema a quem já vai e a quem nunca foi. Queremos formar público e queremos mostrar que o cinema não é feito por mágicos, mas por pessoas comuns e sem nenhum poder extra (humano) ordinário.

Acreditamos que o espaço para produções deste tipo, aqui nesta pequena-cidade-grande que é Porto Alegre e no Brasil a fora está dominado por poucas pessoas que insistem em contar a mesma história, sempre da mesma forma para ganhar a sua grana. Não estamos dizendo que só existem pessoas assim nas grandes produções. Não. Mas nós, peixes pequenos, muitas vezes somos impedidos por esses peixes maiores de nadar até nossos objetivos e isso acontece a todo instante, não só no cinema, na rua, dentro de casa, no trabalho.

Juntos acreditamos ser maior que este opressor! Não viemos para acabar com nada. Não viemos com pretensões de estabelecer a “paz na terra”. Existimos para que não nos conformemos com sobras. Temos o direito e muita vontade de mudar a nós mesmos e com isso quem sabe mostrar a quem nos rodeia que existem outras possibilidades. Queremos que o Independize o seu Pensamento seja essa possibilidade. Não de um novo cinema, mas de uma possiblidade de um novo cinema independente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *