O vídeo como arma – Catarse na 7a Bienal do Mercosul

A Catarse – Coletivo de Comunicação foi convidada para participar do projeto Percursos Urbanos – Escuta na Cidade , realizado na 7ª Bienal do Mercosul. Em Porto Alegre, o projeto irá apresentar e discutir os desafios e as possibilidades da urbe, através de conversas com pessoas de saberes acadêmicos e populares, que atuarão como mediadores durante os trajetos realizados em ônibus urbanos.

Participaremos dia 22 de outubro (quinta-feira), com a temática O vídeo como arma (Audio –visual), mediado por Gustavo Türck, jornalista e membro do Coletivo, e com participação do Quilombo Silva, representação viva de nosso trabalho de vídeo ativismo.

O tour sairá do Armazém A3 do Cais do Porto, às 15:00 hrs em ponto. Este percurso se dedicará a observar o modo de operação do vídeo como arma e instrumento de transformação, com duas paradas: uma no arquivo público, para uma projeção de vídeos realizados pela Catarse, denunciando e informando os acontecimentos do Quilombo Silva e outros vídeos selecionados, e outra no próprio território do Quilombo Silva, para uma conversa com os quilombolas.

Abaixo o flyer do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *