Menino espera há 12 anos por cirurgia para andar

Marcelo Gonçalves dos Reis tem 14 anos. Desde os 02 de idade espera por uma cirurgia para tentar caminhar. A família, que mora na Vila Dique, em Porto Alegre, há 12 anos percorre os serviços públicos de saúde com a esperança de que o menino consiga fazer a intervenção cirúrgica. Sempre ouviu dos médicos que a fila é grande e não há outra coisa a fazer que não seja esperar. Enquanto o tempo passa, a possibilidade de Marcelo voltar a andar vai diminuindo, com a contração dos nervos das pernas.

Depois de mais de uma década lutando para ter seu direito constitucional atendido, de receber o tratamento adequado para sua reabilitação, em 2010 Marcelo finalmente teve a cirurgia agendada para o dia 18 de janeiro, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Foi adiada. Remarcada para o dia 01 de fevereiro, depois de Marcelo ficar um dia inteiro esperando no próprio hospital, foi outra vez cancelada, sem nova data para acontecer.

Os pais do menino não perdem a esperança de que o filho ainda consiga fazer a cirurgia e se recuperar. Marcelo sonha com esse dia. Mas para isso, dependem de que o Sistema Único de Saúde (SUS) e seus funcionários resolvam cumprir com a parte que lhes cabe.

Assista ao vídeo produzido pelo Coletivo Catarse com Marcelo e sua família:

3 comentários em “Menino espera há 12 anos por cirurgia para andar

  • 04/03/2010 em 01:41
    Permalink

    Se a cirurgia ainda não aconteceu, indico a defensoria pública do Estado para garantia judicial de data para essa importante operação.Estou disponivel para qualquer ajuda e coloco a estrutura do escritório também a disposição para o Marcelo.Parabéns pelo trabalho!Júlio Alt – 81939085julio.alt@gmail.com

    Resposta
  • 04/03/2010 em 15:09
    Permalink

    Júlio, Obrigado pela disposição em colaborar, mas a família do Marcelo resolveu aguardar, já que o Hospital de Clínicas marcou novo atendimento para a próxima terça, dia 09, depois de assistir ao vídeo.Qualquer mudança, faremos contato.Um abraço,Jefferson

    Resposta
  • 07/03/2010 em 12:50
    Permalink

    Parabéns ao Coletivo pela reportagem; Abraços ao Júlio pela sensibilidade com o próximo.Sei o quanto é importante a cirurgia para o Marcelo e sua família, também sou portador de deficiência física e sinto na pele as dificuldades que enfrentamos no dia a dia.Abraços!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: