Sobre a política de cultura…

“O Griô é um caminhante, cantador, poeta, contador de histórias, genealogista, mediador político. É um educador popular que aprende, ensina e se torna a memória viva da tradição oral. Ele é o sangue que circula os saberes e histórias, as lutas e glórias de seu povo dando vida à rede de transmissão oral de uma região e de um país. O papel do griô aprendiz é garantir a vitalidade e continuidade das redes de transmissão oral entre as gerações, as escolas e os pontos de cultura do Brasil” – ( Líllian Pacheco, criadora da pedagogia Griô)

Em março participamos através do Ponto de Cultura Ventre Livre do Teia Sul 2010. O Teia Sul é um encontro entre as ações do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura, são ações propostas por organizações sem fins lucrativos da sociedade civil.

Lá, foi realizado coletivamente entre Ação Griô, Tuxáuas, Pontos e Pontões de Cultura um videoclipeda música Lá Vai, de autoria do Mestre Paraqueda sobre o Griô.

Este primeiro vídeo, o Mestre Paraqueda fala um pouco da música e a canta com o Tuxáua PC Soares.

Aqui, o videoclipe realizado durante o Teia Sul…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *