Incra não cumpre meta e titula 2 territórios quilombolas em 2009

As comunidades quilombolas seguem sem ter muito o que comemorar. Em 2009, somente dois territórios tradicionais, ambos no Rio Grande do Sul, foram titulados. O número ficou abaixo do esperado, já que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) divulgara, em 31 de julho de 2009, que 11 comunidades seriam beneficiadas com os títulos definitivos até o final do ano. A meta não chegou nem perto de ser cumprida.

A ONG Repórter Brasil publicou hoje um extensa reportagem sobre o tema.

Clique aqui para ler na íntegra.

Leia a íntegra do estudo “Terras Quilombolas – Balanço 2009”

Um comentário em “Incra não cumpre meta e titula 2 territórios quilombolas em 2009”

  1. Boa noite.A situação nas comunidades quilombolas continuam sem definição aparente, apesar do nosso Presidente ter assinado o documento no dia 20 de novembro último que supostamente agilizaria o processo de legalização das terras ocupadas pelos descendentes de escravos no Brasil. Atualmente desenvolvo pesquisa junto à Comunidade de Remanescentes do Quilombo Mata Cavalo, em Livramento – MT. Essa comunidade luta pela legalização da propriedade de suas terras a mais de cem anos. As terras em questão foram doadas por D. Ana da Silva Tavares aos seus escravos em finais do século XIX. Eles ocupam essas terras desde então. O problema é que alguns fazendeiros da região durante o percurso da história ocuparam, compraram e também grilaram boa parte dessas terras. O litígio permanece aberto. Estamos de olho. Silvânio Paulo de BarcelosMestrando História – UFMT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *