Carta dos Coletivos de Comunicação da cobertura colaborativa da II CONAES

Aos Companheir@s da Economia Solidária e da Cultura.

Na II Conferência Nacional de Economia Solidária – II CONAES, os Empreendimentos Econômico Solidários e as instituições de assessoria que são Pontos de Cultura realizaram a cobertura colaborativa como demonstração de produção participativa, autogestionária e com democratização do conhecimento por meio de trocas de tecnologia.

Dos dia 16 a 18 de junho de 2010 em Brasília, a equipe composta por nove delegad@s de oito coletivos (Rede Ivoz-SP, Coletivo Exame- Bauru, Massa Coletiva – São Carlos, Brasil Autogestionário – Porto Alegre, Coletivo Catarse – Porto Alegre, Guerrilha Gig-Franca, Caminhos – Hortolândia e Instituto Paulo Freire- SP) realizam dois vídeos da marcha até o congresso, 500 fotos das atividades, textos e boletins informativos, transmissão ao vivo (áudio e vídeo) de trechos da II CONAES e twitter informando o que estava acontecendo. O volume de informação simultânea e a qualidade da documentação deste processo são demonstrações que é possível fazer uma outra comunicação com interface entre os Pontos de Cultura e a Economia Solidária, afinal a Intersetorialidade é incondicionalmente o caminho para ampliarmos a Economia Solidária.

Apesar da falta de apoio ou infraestrutura, a realização desta cobertura colaborativa demonstrou profissionalismo e evidenciou a necessidade de ampliar a difusão das discussões e aprofundar a democratização do conhecimento, exercitando os princípios da economia solidária. Acreditamos que iniciativas como estas estimulam a participação presencial e a distância de pessoas e instituições mobilizadas a integrarem suas ações. Além disso, estimula o sentido de pertencimento ao movimento da economia solidária, visto que muitas pessoas tiveram suas vozes, opiniões e expressões registradas, compartilhadas e difundidas, reconhecendo-se como sujeito ativo deste processo de transformação social.

Salientamos ainda que esta iniciativa foi a única cobertura colaborativa realizada no evento, lembrando que a ação proposta pelos coletivos e Pontos de Cultura foi, no fim, a maior mobilização de cobertura do próprio evento e possibilitou acesso e visibilidade de conteúdos a pessoas dentro da rede da internet, promovendo a divulgação do movimento de economia solidária em grande escala.

Desta forma demonstramos o interesse em participar da Conferência Temática de Cultura que será realizada em Osasco como protagonistas do processo, ou seja, que os EES de Cultura e Comunicação participem do Planejamento e execução da conferência.

Desde já deixamos nossos endereços eletrônicos aonde se encontram a produção da Cobertura Colaborativa e reivindicamos, como EES de Cultura e Comunicação nossa participação em feiras, plenárias e conferências com a necessária infra-estrutura para desenvolvermos metodologias de capacitação as nossas tecnologias e a participação a distância com interatividade e transparência das pessoas que não podem comparecer presencialmente. Informamos ainda que nesta semana seguiremos vinculando matérias sobre a II CONAES.

Autogestão na Comunicação

http://picasaweb.google.com/guerrilhagig/2CongressoNacionalDeEcoSolCONAES#
http://picasaweb.google.com.br/enxamecoletivo/IICONAES#
http://www.youtube.com/watch?v=JbwOKH_OIq8
http://www.youtube.com/watch?v=lqK_nqLIR2s&feature=related
http://conaessp.blogspot.com/
http://cirandas.net/
http://www.iteia.org.br/
http://www.iteia.org.br/colaboradores/conaes2010
http://twitter.com/IICONAES
http://twitter.com/foradoeixo
http://twitter.com/ivoz
http://twitter.com/search?q=%23ECOSOL
http://conaessp.blogspot.com/
http://cirandas.net/comunicacao-colaborativa/ii-conaes
http://www.iteia.org.br/colaboradores/conaes2010
http://www.brasilautogestionario.org/
http://twitter.com/autogestaobr
http://www.coletivocatarse.com.br

Quem assina esta carta:
Coletivo Catarse – Porto Alegre-RS , Rede Ivoz-SP, Coletivo Exame- Bauru-SP, Massa Coletiva – São Carlos-SP, Brasil Autogestionário – Porto Alegre-RS, Guerrilha Gig-Franca-SP , Ponto de Cultura Caminhos – Hortolândia e Instituto Paulo Freire- SP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *