Hoje: Exposição de Retratos de Famílias da Vila Jardim

Aparece lá!


O Ponto de Cultura Ventre Livre e o Coletivo Catarse convidam a todos e todas para a Exposição Famílias do Jardim, da fotógrafa Fernanda Rechenberg. No dia 10 de julho (sab), às 16 horas, o Ventre Livre receberá os amigos para a abertura da exposição, lançamento do catálogo e do audiovisual do projeto Famílias do Jardim.

O Ventre Livre fica na Rua Galiléia, 220 (Bairro Vila Jardim).

O Ventre Livre foi transformado em um estúdio durante um fim de semana em que as pessoas da Vila Jardim puderam tirar retratos. Sozinho, com os amigos, com a família. Foram mais de 70 pessoas retratadas pela Fernanda. Cada um pode levar a lembrança desse dia para casa em uma fotografia revelada à moda antiga.

Durante os meses seguintes o Coletivo Catarse, Fernanda Rechenberg e Paula Biazus visitaram 10 lares, registrando o momento do encontro familiar. Foram dias de descobertas. Muitas histórias de vida, muita luta, alegria e sofrimento. Humanidade. Cada família recebeu seu retrato impresso – como tradicionalmente se faz a fotografia – para emoldurar, colocar na parede ou em álbum.

Mas as fotos também irão correr por aí: em uma exposição itinerante, que passará pelo Ventre Livre, Pontos de Cultura e Postos de Saúde que fazem parte da nossa rede, em um catálogo e um audiovisual sobre o processo.

“Mosaico de casas, pessoas e paisagens. Um lugar em que as crianças brincam na rua e são felizes. Terrenos ainda baldios, casas sofisticadas e fortificadas. Casas bem pintadas, casas de madeira, casas com puxado, casas com frestas, casas sem pátio, casas de duas peças, casas de uma janela só. Todas elas inscritas neste bairro desenhado em forma de círculos sobrepostos, de ruas e vielas e becos acolhendo uma diversidade, ora apaziguada, ora conflitante.” Fernanda Rechenberg

O Ventre Livre é um espaço aberto a experimentações e troca de saberes e que está em constante transformação. Nasceu para ser uma casa de cultura das famílias da Vila Jardim. E essa relação está sendo construída através de oficinas de foto na lata, sensibilização corporal para mulheres, audiovisual, grafite, teatro, música, além de espaços para os grupos Artebela (artesanato) e Amigos da Saúde (qualidade de vida).

“Do momento em que o projeto foi aprovado até a realização da primeira oficina foram nove meses. Foi o tempo que levou para o Ventre dar sua primeira cria. De lá para cá muita coisa mudou e vem mudando. Sempre com a presença da criançada, os vizinhos da Galiléia e a turma do Posto de Saúde. Como muitos dos que estão retratados neste livro, nós também encontramos um cantinho e um aconchego familiar na Vila Jardim.” Marcelo Cougo e Têmis Nicolaidis – Coord. do Ventre Livre.

O Ventre Livre é um Ponto de Cultura na interface entre cultura e saúde proposto pelo Coletivo Catarse, escrito em parceria com a atriz Maria Falkembach, e com a participação da Unidade Básica Divina Providência, integrando uma rede de 18 Pontos de Cultura e Saúde sob a responsabilidade do Grupo Hospitalar Conceição em Porto Alegre.

CONTATOS:

Ponto de Cultura Ventre Livre
Rua Galiléia, 220 – Vila Jardim – Porto Alegre
http://pontodeculturaventrelivre.blogspot.com

Catarse – Coletivo de Comunicação
51. 3012.5509
catarse@coletivocatarse.com.br
www.coletivocatarse.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: