A cultura da nossa identidade diversa

Gente das culturas populares, indígenas, ciganas, das comunidades tradicionais de terreiro, crianças, idosos, mulheres, jovens do movimento Hip Hop, pessoas com deficiência, usuárias da Saúde Mental, trabalhadores urbanos e rurais, imigrantes, lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros.

Gente muitas vezes marginalizada e oprimida. De todos os cantos do país. Num mesmo espaço, ao mesmo tempo. Arcos da Lapa, Rio de Janeiro. Entre 03 e 06 de setembro. Filmamos tudo. Três câmeras, sete pessoas da Catarse. Dezenas de horas de entrevistas, conversas, debates, apresentações, shows, encontros.

Nos próximos meses vamos montar uma grande reportagem sobre o que aconteceu por lá. A convite da Secretaria da Identidade e Diversidade, do Ministério da Cultura. Montamos pequenos clipes durante esses dias. Alguns já foram postados aqui. Outros compartlhamos agora:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *