Haiti, para não esquecer

Anselmo Kanaan, amigo e lutador dessas bandas do sul, está no Haiti. Vendo agora à tarde que ele lia seus emails, perguntei como estava por lá. A resposta: “Cara, estamos peleando. Muito mesmo, miséria em qualquer canto. Assisto enterro à toda hora. Temos que pensar outra sociedade. Esta podre. Um abraço para os guerreiros.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *