Morro Alto de luta, território quilombola por direito

Nos chega agora uma dessas notícias que faz toda a luta valer a pena e que comemoramos com o punho cerrado e um viva! Pelo email do Onir, advogado de quilombos e integrante do MNU/RS: “A Comunidade de Morro Alto (Osório), uma das protagonistas da luta quilombola no Rio Grande do Sul, com três séculos de resistência e história, e uma das primeiras no Estado a pleitear a aplicação do artigo 68 da Constituição Federal de 1988, conseguiu arrancar o que deveria ser de direito, ou seja, a aprovação pela Comissão de Decisão Regional do INCRA-RS, do Relatório Técnico (o RTID) e o compromisso para encaminhamento imediato para publicação do mesmo no Diário Oficial reconhecendo um território de 4600h.”

Com apoio dos quilombolas urbanos de Porto Alegre, do movimento social, com destaque para o apoio do Quilombo da Família Silva, GT Quilombola do Movimento Negro Unificado-RS, Sindicato dos Correios e Telégrafos e militantes da Frente Nacional em Defesa dos Territórios Qulombolas e da Frente de Luta Quilombola e Popular, que ocuparam hoje (10/03) o INCRA-RS até garantirem esta vitória fundamental para a luta quilombola no país.

Estamos juntos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *