Seminário A Justiça de Transição e a militância em defesa dos Direitos Humanos

No próximo dia 28 de maio, sábado, a partir das 13 horas, ocorrerá o Seminário A Justiça de Transição e a militância em defesa dos Direitos Humanos, no auditório do Instituto de Arquitetos do Brasil, situado na Rua General Canabarro, 363, Bairro Centro, em Porto Alegre/RS.

O evento tem como propósito aproximar o debate da Justiça de Transição, focado na Ditadura Civil-Militar implantada no Brasil a partir do golpe de 1964, com atuação dos militantes em defesa dos Direitos Humanos nos dias atuais.

Dessa forma, destacar como processos históricos inacabados (como a ausência de efetiva transição do regime autoritário) interferem na construção de consciência coletiva e na efetivação da democracia na sociedade brasileira, que historicamente desrespeita os Direitos Humanos, principalmente da classe popular.

Nesta perspectiva, o debate reunirá perseguidos políticos pelo Regime Autoritário militar, advogados populares, grupos de assessoria jurídica e representantes de movimentos populares que hoje lutam pela efetivação dos Direitos Humanos e que conjugam esforços com o povo para a transformação da dura realidade ainda vivenciada.

Em anexo é apresentada a programação da atividade, a entrada é franca. Para confirmação de presença e outros esclarecimentos, solicitamos comunicar-se com a instituição pelo telefone (51) 3028-8058 ou pelo correio eletrônico acessocidadaniadh@gmail.com.

Acesso – Cidadania e Direitos Humanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *