Movimentos sociais ocupam Palácio da Justiça do RS durante FST 2012

Durante a marcha de abertura do Fórum Social Temático 2012, em Porto Alegre, integrantes de coletivos autônomos, organizações e comitês populares da Copa ocuparam o Palácio da Justiça do RS. Numa ação direta pacífica mas corajosa, denunciaram que o Poder Judiciário tem sido co-responsável por crimes contra a população brasileira, como nos casos recentes de Pinheirinho e Belo Monte.

Funcionários do Tribunal desceram dos escritórios até as escadas para ver a expressão da cidadania no rosto, na dança e nas vozes de dezenas de pessoas que dizem não ser representadas por esta Justiça. E ouviram de Andressa Caldas, da Justiça Global (RJ), citando violações de direitos humanos que são praticadas com a omissão do Poder Judiciário, afirmar que este “é um poder elitista, racista, homofóbico, cego. Representa apenas uma parcela minoritária da população, que é a classe exploradora e são os ricos deste país.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *