Dia de ação contra o capitalismo verde e a privatização dos espaços públicos

“A luta é como um círculo, pode começar em qualquer lugar, mas não termina nunca”. Arte do Levanta Favela!

O povo na rua, hoje, em frente à prefeitura de Porto Alegre. Dos representantes da administração, apareceram apenas os guardas armados.

Mesmo que o prefeito e seus subordinados não tenham vindo conversar, esta senhora, artesã da economia solidária que não poderá mais expor seu trabalho no largo Glênio Peres, precisava falar. Pedia pelo direito de ocupar a praça pública como fazia todos os anos, proibido agora pelo poder municipal através da Lei nº 11.213, de 06 de fevereiro de 2012.

A cidade continua em disputa.

Fotos por Jefferson Pinheiro

[scrollGallery id=1]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *