Defesa Pública do Progresso

“Por que cometer os mesmos erros se há tantos erros novos a escolher?”
Bertrand Russell

defesa
A cidade surpresa viu suas árvores, inúteis para o prefeito, tombarem como se estivessem podres. Mas eram saudáveis, enormes e belas, forjadas a sol e chuva ao longo dos últimos quarenta anos. Podres, a gente sabe bem, estão as ordens que partem da cúpula muncipal, que destroçam a qualidade de vida do cidadão em nome de uma política de trânsito obsoleta e ineficaz, que semeia obras milionárias e engarrafamentos.

Para alegria das empreiteiras e desgraça dos porto-alegrenses, querem converter nossa Avenida Beira-Rio em uma auto-estrada, duplicando-a e separando ainda mais o Guaíba da cidade. O desgoverno municipal propõe uma nova avenida Mauá como solução aos problemas de Porto Alegre. Monumento à fuligem, esse tipo de via, feita exclusivamente para o trânsito de automóveis, degrada regiões inteiras da cidade. Saem as pessoas e as árvores. Fica o barulho, a sujeira e a insegurança.

Em um verdadeiro estupro da linguagem, chamam esses absurdos pagos com dinheiro público de PROGRESSO, roubando-nos a cidade e as palavras! Não aceitamos essa obra e essa mentira. Nossas gargantas e nossas bandeiras dizem com orgulho: – Nenhuma árvore a menos! Nenhuma free-way beira-rio!

No progresso real que queremos para esta cidade cabem árvores e pessoas, bicicletas e transportes coletivos, democracia e respeito à vontade popular.

Defendendo a alegria e os nossos direitos, outra vez vamos à rua!

—–
Pessoas lindas, tragam tintas e canetas!
Vamos expressar nossa indignação em um grande painel que construiremos juntos nesta noite e levaremos para a Audiência Pública sobre a ampliação da Av. Edvaldo Pereira Paiva, dia 18.
Às 18h, em frente à Usina do Gasômetro.
——

ATRAÇÕES CONFIRMADAS (até agora)

Tribo Brasil
Mariposas Cantantes
Elojac
Lá Fora
Grupo História de Boêmio – Tributo a Sérgio Sampaio
Sapamá
Violeiro Só e os Mal Acompanhados
Paulinho Parada e Josué Farias
Ciro Ferreira
Farabute

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *