Nota Oficial do Bloco de Luta e do Comando de Greve dos Rodoviários

O Bloco de Lutas pelo Transporte Público e o Comando de Greve dos Rodoviários estão juntos na luta por um novo modelo de transporte na cidade. Desde o início de 2013, o Bloco vem construindo uma aliança com os rodoviários, e agora, na primeira grande greve de 2014, reforçamos nossa unidade.

– Por aumento de salário, redução da jornada e melhores condições de trabalho sem reajuste da passagem: que os 14% de aumento reivindicado pelos rodoviários saiam do lucro abusivo dos empresários. Ao contrário do que diz a grande mídia e o prefeito, que tentam incitar a população contra os rodoviários, não há conflito de interesse entre o Bloco de Luta e os trabalhadores. O lucro das empresas possibilita a concessão de aumento aos trabalhadores sem aumento da tarifa aos usuários.

– Por um transporte 100% público: para transformar o modelo de transporte na cidade é preciso lutar para tirá-lo da mão dos empresários. A lógica empresarial é contrária ao interesse coletivo.

Todos nós, usuários do transporte coletivo, somos afetados de alguma forma pela greve. Sabemos que essa situação só existe por culpa dos patrões e do governo. O apoio da população é fundamental para que essas transformações aconteçam. Inclusive, os rodoviários propuseram rodar com a roleta liberada durante a greve!

Enquanto bilhões de reais são gastos para a realização de megaeventos, faltam recursos para o transporte público e outros serviços básicos.

Greve não é crime, é direito. O ano de 2014 começou com forte repressão policial às mobilizações sociais em todo país – em São Paulo um jovem foi baleado e segue em estado grave, em Joinville dois membros do Movimento Passe Livre foram presos arbitrariamente, e aqui em Porto Alegre 7 foram detidos no último ato do Bloco. Não aceitamos nenhum tipo de repressão e criminalização às lutas sociais.

Por um transporte eficiente e acessível, participe desta luta!

Protesto não é crime!

Que os ricos paguem a conta!

Porto Alegre, 28 de janeiro de 2014.

Bloco de Luta Pelo Transporte Público e Comando de Greve dos Rodoviário

 

2 comentários em “Nota Oficial do Bloco de Luta e do Comando de Greve dos Rodoviários”

  1. Bah, gostei de ler o manifesto! Em especial pela breve alusão comparativa aos gastos e investimentos bilionários.
    Estou sendo prejudicado, estou quase ilhado em casa e indo ao trabalho a pé (ou bicicleta), e apoio essa greve que nunca vi tão forte!

Deixe uma resposta para Jose Luiz Faccioni Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *