Como se fossem pássaros

Uma série de entrevistas com pessoas que ultrapassam o ponto de vista comum e buscam seus próprios ângulos. São fazedoras de histórias, inspiradoras de sonhos, construtoras de utopias. Militantes, guerreiras, artistas, nos encantam. Se arriscaram. Estão no tempo desafiando as manhãs. Resistiram. Influenciaram muita gente. Reverenciamos seus cabelos brancos como uma marca de sabedoria que nos instiga. A palavra, a imaginação e a atitude são céu pras suas asas. Se o desejo de todo ser humano é voar, elas conseguiram, cada uma do seu jeito. São caminhantes no mundo, mas para nós são como se fossem pássaros.

O primeiro vídeo da série traz o mestre José Carlos Gomes Peixoto, o Zé da Terreira.

Está série é uma parceria do Coletivo Catarse e do Cabaré do Verbo.

11281520_10206498253273236_1383569871_o

11294545_10206498265713547_601598834_o

11287666_10206498265753548_861525848_o

11304376_10206498253353238_1490903099_o

O lançamento da série será no Cabaré do Verbo Vila: Cuidado Mútuo, 11 de junho, 18h-22h, Vila Flores. Hoffmann, 459, esquina São Carlos. Contribuição espontânea na porta. Mais informações em www.cabaredoverbo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: