Oficina no Quilombo dos Alpes: Territórios Negros

No ano de 2018, o Coletivo Catarse foi convidado para filmar uma série de oficinas realizada no Quilombo dos Alpes. As atividades foram desenvolvidas pelo  Núcleo de Estudos Geografia e Ambiente da UFRGS (NEGA/UFRGS) em parceria com a Associação Quilombo dos Alpes D. Edwirges para atender as crianças e jovens da comunidade.

Registramos quatro oficinas: árvore genealógica, horta, mankala e territórios negros. Os vídeos resultantes deste acompanhamentos serão divulgados semanalmente nos canais do Coletivo Catarse e na página do Quilombo dos Alpes no Facebook.

No terceiro vídeo, a educadora social Clarice Moraes guiou os jovens da comunidade no percurso territórios negros. A atividade resgatou as trajetórias histórico geográficas da população negra de Porto Alegre.

A partir da perspectiva afro centrada, pontos turísticos da região central foram sendo escurecidos. A Praça do Tambor, O Mercado Público, a Igreja Nossa Senhora das Dores e o Parque da Redenção são alguns exemplos de locais em que se resgatou a presença e o protagonismo negro, invisibilizados pela história oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *