Vídeo em apoio à família Warao em Porto Alegre

O Coletivo Catarse e o Núcleo de Antropologia das Sociedades Indígenas e Tradicionais (NIT) da UFRGS  produziram este vídeo com o intuito de divulgar a história de uma família Warao em Porto Alegre, os Warao mais ao sul do continente. 

Com isso também buscamos ajuda para estas pessoas que estão em situação especialmente vulnerável em função da pandemia de coronavírus. O NIT coordenado pelo professor Pablo Quintero possui uma linha de pesquisa dedicada à imigração Warao ao Brasil, guiada pelos interesses e necessidades dessa população altamente vulnerabilizada, que tem vivido sobre a condição de refúgio, à margem das sociedades de dois estados nacionais. A fim de protegerem-se, Florencia, Rodolfo e sua neta, Edimari, de 4 anos estão vivendo hoje em uma pensão no centro histórico de Porto Alegre com o pouco dinheiro que lhes resta. Diante da impossibilidade de retornarem em segurança à Cuiabá, pedem ajuda para sobreviverem na cidade com a garantia de um teto e alimentos. Agradecemos a solidariedade! 

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/a…

https://www.facebook.com/nit.ppgas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: