15/12/2020 -19h Seminário Capoeira Fascismo e Democracia, estratégias de distanciamento e aproximações

Terça feira, dia 15/12 ás 19h, capoeiristas de diferentes locais do Brasil estarão pensando juntos sobre a capoeira no atual momento histórico de ascensão de ideias fascistas. O encontro tem como objetivos: entender o que é fascismo e seu desenvolvimento histórico, compreender os impactos de ideias e comportamentos autoritários na diminuição de nossas liberdades e direitos individuais, conhecer experiências de respeito as pluralidade de existências a partir da prática da Capoeira, analisar os efeitos de políticas culturais desenvolvidas por governos que dialogam com o fascismo e construir estratégias de preservação e aprimoramento da democracia com base nos fundamentos da capoeira.

Para ajudar nestas reflexões estarão presentes:

Jovani Scherer – RS
Capoeirista, prof. de história da rede pública e privada, Mestre em História e militante da educação antirracista.

Mestre Renê Bitencourt – BA
Mestre de Capoeira, fundador da ACANNE – Associação de Capoeira Angola Navio Negreiro, idealizador do Encontro dos Guardiões da Capoeira Angola da Bahia e do evento “O Sabor do Saber Ancestral”, produtor cultural e ativista social.
..
Mestra Janja Araújo – BA
Mestra de Capoeira, co-fundadora do Instituto Nzinga, Dra em Educação, profa. da UFBA e líder do grupo de pesquisa do núcleo de estudos interdisciplinares sobre a Mulher.
.
Mestre Paulão Kikongo – RJ
Mestre de Capoeira, membro do grupo de trabalho da Salvaguarda da Capoeira do RJ, criador da Radio Capoeira, da Universidade da Capoeira, Mestre em patrimônio, Cultura e Sociedade.

Mestre Guto Obafemi – RS
Mestre de capoeira, co-fundador da Africanamente Centro de Pesquisa e Divulgação de Tradições Afrodescendentes, membro do comitê gestor da Salvaguarda da Capoeira do RS e Conselheiro Estadual de Cultura do RS.

Assista no link 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: