Contra o Genocida, às ruas!

Por Coluna Vermelha:

Em tempo recorde, Bolsonaro disse um sim criminoso à proposta absurda da CONMEBOL para o Brasil sediar a “Cepa América”, em meio à nova onda de contágios.
Após recusar 11 vezes a oferta de compra de vacinas, nos aproximamos dos 500 mil mortos pela pandemia. E a possibilidade de circulação de centenas de pessoas de todo continente só aumenta os riscos. Em meio ao caos sanitário (planejado e executado no Palácio do Planalto), assistimos embasbacados a disputa entre emissoras de TV pelo grande negócio que é o futebol. A Rede Globo, aliada da política econômica genocida de Bolsonaro, disputando beleza e ética com o SBT, rede de televisão sempre à serviço do fascismo.

E não são somente esses os nossos problemas: com 14 milhões e 800 mil pessoas desempregadas, o Brasil apresenta a maior taxa de desemprego desde 1976. Sofremos com um aumento de 20% no preço do gás nos últimos 10 meses devido à inflação. Nossas empresas, lucrativas e que deveriam servir ao povo, vão sendo sucateadas e vendidas a preço de banana. Ou quase, já que a banana também está muito cara sob o desgoverno da dupla Bozo/Guedes.

Nos resta lutar. E é isso que fizemos, junto à outras milhares de pessoas que foram sábado, dia 29 de maio, às ruas, reivindicar vacina, emprego, auxílio emergencial e, principalmente, Fora Bolsonaro, Fora Mourão, Fora genocidas!

Voltando à Copa América, é preciso que toda e qualquer possibilidade de realização desse torneio em nosso estádio seja rechaçada. A direção do S.C. Internacional precisa se manifestar de forma contundente contra esse absurdo e negar a possibilidade de sediar partidas no Beira-Rio.
Que a Copa América seja cancelada em respeito às milhares de vítimas da pandemia!
A maior arma na luta contra a pandemia é tirar o genocida do poder.
#ForaCopaAmerica
#ForaBolsonaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: