Antifascistas do Brasil, uni-vos!

Por Grẽmio Antifascista:

Não estamos passando por um período fácil tanto no futebol quanto na política. As manifestações favoráveis ao voto impresso continuam se organizando, o Bolsonaro está preparando o terreno para um novo golpe após as eleições de 2022 que muito provavelmente perderá seguindo a cartilha do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump para uma derrota que jamais reconhecerá. Faz-se necessário continuarmos com as manifestações que o campo da esquerda está organizando cuidando sempre para que não sejam engolidas pelos aproveitadores da direita como estava ocorrendo principalmente em São Paulo.
No último domingo, dia 01/08/2021, antifascistas organizaram um contra-ato aqui em Porto Alegre para deixar um recado para os apoiadores do Bolsonaro e do seu delírio pelo voto impresso: não iremos descansar até a queda do genocida! Por óbvio os manifestantes foram violentados e agredidos tanto pela polícia militar (que demonstraram pela milésima vez qual é seu lado político), quanto pelos apoiadores do presidente.
Sabemos que o caminho será tortuoso dentro e fora do campo, temos lutado diariamente pelo direito básico de permanecermos vivos, mas não desistamos da luta jamais!
Por muito tempo aceitamos que estátuas de opressores, como a de Borba Gato, fossem colocadas em locais públicos como símbolos de quem “manda” e quem conta a história, violentando continua e simbolicamente a memória dos povos oprimidos e massacrados por tantos “Borbas Gatos” que a nossa cultura insiste em não apenas homenagear, mas também em eternizar em forma de estátua e colocá-las em espaços públicos. O que se acaba eternizando em verdade é tão somente a história de massacre, de opressão, de escravidão e de estupro de povos originários e de povos escravizados.
Estamos ao lado de pessoas que se revoltam e derrubam as estátuas de assassinos, escravagistas, estupradores e racistas! Estamos ao lado do Galo que teve seu habeas corpus negado e segue preso sem nenhuma justificativa legal sendo mantido preso ilegalmente pela justiça brasileira.
Antifascistas do Brasil, uni-vos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: