Os impactos do calor nas periferias

Nas últimas semanas o Rio Grande do Sul vem passando por um período intenso de calor. Entenda as consequência das Ondas de Calor na saúde da população. Via Preserve Morro Santana – UFRGS @preservemorrosantana)

Este slideshow necessita de JavaScript.

O que é uma Onda de Calor?

É um período de dias seguidos com condições de temperatura mais quentes do que o normal para uma região e época do ano específicos. Mas a temperatura é apenas um componente da Onda de Calor, que também depende da umidade, velocidade do vento e carga da irradiação.

Riscos para saúde

Só no Brasil, ocorreram 3,4 milhões de mortes relacionadas a OC entre 1997 a 2011. Os principais riscos são de insolação, desmaios, estresse por calor, etc. Os grupos mais afetados são as crianças, idosos e pacientes com doenças crônicas. As populações que vivem em periferias também estão em maior risco, devido a condições precárias de moradia, ausência de ar-condicionado, a falta de abastecimento regular de água e por viverem em regiões pouco arborizadas.

Alerta para o risco de queimadas!

Nas encostas dos morros de Porto Alegre é comum que a associação das altas temperaturas com a falta de abastecimento de água acabe resultando em incêndios na vegetação, levando ao risco de atingir moradias. É importante evitar o acúmulo e a queima de lixo principalmente nesses períodos do ano!

Em caso de emergência:

-Ligue para: SAMU (192), BOMBEIROS (193), DEFESA CIVIL (199)
-Procure a unidade básica de saúde mais próxima da sua residência.
-Reivindique do poder público seus direitos: água, saneamento básico e moradia digna!

*Material produzido por Preserve Morro Santana e também publicado pelo Repórter Popular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: