27/03 Ecotrilha Morro Santana

O Visão Periférica convida a todas e todos a participarem de uma Ecotrilha no Morro Santana no dia 27/03. O Programa de Extensão Preserve Morro Santana (UFRGS), construído coletivamente por diferentes coletivos da região e projetos de extensão, apoia a realização da atividade e reforça o convite.

Tendo em vista o aniversário de 250 anos de Porto Alegre, o objetivo da ecotrilha é permitir uma experiência de (re)conhecimento de um território tão importante para a história da cidade, tanto por parte de quem habita nele quanto por aqueles que moram em outras regiões. A atividade tem como proposta uma discussão crítica a respeito da colonização de Porto Alegre e sua ocupação urbana através da constituição de vilas e bairros, tendo como protagonistas, o olhar da comunidade do Morro Santana.

O Morro Santana é um território rico em biodiversidade, contando com uma grande variedade de plantas e animais e, além disso, é o ponto mais alto da capital gaúcha (311m) e dele partem importantes nascentes do Arroio Dilúvio. Por milhares de anos a região foi um território indígena, até a fundação da Sesmaria de Sant’anna e a consequente urbanização. Atualmente, o morro é habitado por dezenas de milhares de trabalhadores e trabalhadoras que se espalham pelas vilas que o compõem.

Uma das atividades previstas na caminhada é a realização do plantio de árvores nativas da região.

Cronograma da caminhada

8:00 – Concentração e acolhida com recomendações gerais: CONFIRMAR LOCAL
8:30 – Caminhada pela comunidade passando pela Rádio Comunitária A Voz Do Morro, Associação da Vila Tijuca até a Biblioteca Visão Periférica
09:00 às 11:00 – Plantio de árvores- Início da subida até o ponto mais alto do Altiplano
12:30 – Descida do Altiplano pela pedreira
14:00 – Lanche coletivo

Vagas Limitadas: 35

As inscrições devem ser feitas através do formulário.

Quem participar da ecotrilha receberá um certificado do coletivo Visão Periférica.

A EcoTrilha no Morro Santana é um projeto de ecoturismo de base comunitária proposto pelo Visão Periférica desde 2015 e respaldado institucionalmente pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul através do programa de extensão Preserve Morro Santana [nº 44968].

Para para além de dar visibilidade às iniciativas locais, as trilhas ecológicas funcionam como estratégia de manutenção de projetos de impacto social e ambiental, como a biblioteca Visão Periférica e geração de renda aos condutores locais (moradores do Morro Santana).

Contribuições:
Moradores do Morro Santana e comunidades próximas: Isento
Para estudantes de graduação: R$ 15,00
Para estudantes de pós-graduação/interessados externos: R$ 20,00
Para professores/servidores universitários: R$ 35,00

*Efetuar contribuição via pix e enviar comprovante para o whats e chave pix 51 982980527
*Sugerimos que, se foram estudantes ou profissionais da UFRGS, que venham com a camisa identificando a universidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: