Quilombo Santa Luzia: Caminhos de Resistência Afroindígena

Do alto do morro da Comunidade Jardim Cascata, zona sul de Porto Alegre/RS, o Quilombo Santa Luzia luta pelo direito à terra e à vida digna.  Morgana Alves, que se auto reconhece como primeira mulher trans liderança quilombola, reforça a atuação do Quilombo no acolhimento de pessoas em situação de rua, na arrecadação de roupas e alimentos e oferencendo uma educação que valorize os legados das sociedades africanas e indígenas.

O registro documental foi realizado em parceria com Núcleo de Estudos de Geografia e Ambiente (NEGA/UFRGS) que captou as imagens e entrevistas enquanto realizava o processo de cartografia coparticipativa junto da comunidade. O Coletivo Catarse foi responsável pela edição, trilha sonora e efeitos sonoros que compõe a obra.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Imagens: Giulia Sichelero
Texto e edição da postagem: Bruno Pedrotti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: