LAB 10/20

O Coletivo Catarse sempre teve em sua essência o compartilhamento desde o seu nascimento há 16 anos. Não à toa, este nome para denominar uma cooperativa de trabalho foi escolhido. Para além de seus integrantes formais – dos quais já passaram mais de 20 pessoas –, se caracteriza pelo caráter agregador, disponibilizando sua estrutura para execução de projetos dos mais variados – o que é facilmente perceptível ao se navegar pelas playlists do canal do Coletivo Catarse no Youtube.

São relações que se constituíram das mais diversas formas, permitindo que equipamentos e estruturas que dificilmente estariam à disposição de todas essas pessoas passassem, agora, a fazer parte do seu vislumbre de trabalho – fosse uma câmera fotográfica profissional, um gravador digital para captar melhor um áudio, um computador com capacidade de edição de som e vídeo ou apenas uma ajuda na sede para configurar os próprios equipamentos, por exemplo.

O Coletivo já auxiliou – e segue auxiliando – uma gama de profissionais das mais diversas áreas , produzindo não só material audiovisual, mas também gráfico, virtual e impresso de qualidade profissional. Além da estrutura física, seus cooperados desenvolvem o compartilhamento de conhecimento técnico, auxiliando e ensinando os profissionais ou amadores a utilizar os equipamentos e cuidá-los da melhor maneira.

O projeto aprovado através do Edital nº 10/20 – Lei Aldir Blanc – vem fortalecer essas iniciativas e garante que o trabalho do Coletivo Catarse/Ponto de Cultura e Saúde Ventre Livre siga acontecendo de forma compartilhada no que diz respeito a sua estrutura física e do conhecimento adquirido ao longo de sua trajetória.

Acompanhe nesta seção as ações do projeto e todo o processo de reestruturação ao longo destes 4 primeiros meses do ano de 2021:

 

#leialdirblanc
#leideemergênciacultural
#novasfaçanhasnacultura

Blog do projeto

Equipamentos a prova

Grande produção junto a Banda Boca Brava e Agência Acorde. A nova estrutura do Coletivo Catarse proporcionada pelo edital LAB 10 confere mais segurança e qualidade em trabalhos como esse.

Leia mais »

Pelas últimas aquisições

Chegou a hora de finalizar as últimas compras do projeto Reviver um melhor compartilhamento de estrutura. Além dos microfones de lapela, cartão de memória e cabeça de tripé para celular, adquirimos um case/rack monitor para utilização em lives e externas, consolidando estrutura voltada a este tipo de serviço.

Leia mais »

Celular na mão pronto para ação

  Logo que o celular novo chegou, prontamente já foi para a rua fazer coberturas. Um dispositivo como esse nos permite flexibilidade e qualidade na captação, principalmente, de coberturas como foi o caso do registro da Cozinha Popular da Azenha, ação do MTST (Movimento dos Trabalhadores  Sem Teto) junto com

Leia mais »