Arquivo da tag: Heavy Hour

Heavy Hour 29 – 04.03.19 – 2019 de cinzas! Cultura popular ameaçada, a resistência com bloco na rua

Quem mora em Porto Alegre está vendo o descaso com a maior festa popular da cultura brasileira, são anos de má vontade da coisa pública e desorganização geral que acabaram com os desfiles de escolas de samba na cidade – mas há a resistência! Nestes dias 15 e 16 de março, de maneira autônoma, as escolas irão para a avenida e desfilarão naquilo que será marcado como um grande ato de existência!

E para falar disso e muito mais, para sacudir o coreto do Estúdio Monstro, Lucas Kinoshita, músico e pesquisador do Sopapo e professor do projeto Ouviravida, parceiro do Coletivo Catarse nas trilhas sonoras dos filmes O Grande Tambor e Carijo, Karen Santos, secretária executiva da Academia de Samba Puro e vereadora em Porto Alegre pelo PSOL, e o grande Dilmair Monte, diretor de carnaval também da Samba Puro. Tem ainda o Livreiro Bolivar (51-989.050.672) apresentando nesta edição uma obra sobre um dos maiores jogadores do futebol brasileiro: Sócrates, por Tom Cardoso.

Curte aí!

Abram as cortinas da folia – Academia de Samba Puro
Breathe – The Prodigy
Babilônia Suja – Machete Bomb
Nega Ciclone – Richard Serraria
Tassy – Giba Giba
Samba Esquema Noise – Mundo Livre S/A
Cheia de Manias – Raça Negra Versão Metal

Heavy Hour 28 – 26.02.19 – A hecatombe das abelhas! Lá se vai indo o mundo…

Constam informações de que mais de 250 milhões de abelhas morreram desde outubro do ano passado somente no centro-oeste do Rio Grande do Sul. A causa? O veneno usado nas lavouras de soja. Que coincidência!

Neste programa, conversamos com o veterinário e professor de apicultura, João Bernardo Feeburg, tratando desse desastre anunciado, que encaminha um colapso ambiental – mais um! -, e como pode nos afetar.

E o livreiro Bolivar em mais uma dica Bibliografia Social da semana: A Não Violência – Uma História Fora do Mito, de Domenico Losurdo. Ouve aqui e fala com ele (51-989.050.672)!

Power trio do Coletivo Catarse completo nesta edição.

Setlist:
No Rain – Blind Melon
Toxicity – System of a Down
Here Comes The Sun – George Harrison
Núcleo Base – Ira!
When a Demon defiles a Witch – Whitechapel
Do The Evolution – Pearl Jam
Bete Balanço – Barão Vermelho

Heavy Hour 27 – 18.02.19 – se eu sou muito louco… eletrochoque!!! Será que internarão a todos?!

Na esteira do Ministério da Saúde desse golpe ridículo se movimentando para comprar zilhares de máquinas de eletrochoque e devolver ao SUS incumbências semelhantes às de, vejamos, décadas de 1960 e 1970 (hmmmm… ditadura militar?), quando estava em alta internar em manicômios “desajustados” e “loucos” – adversários políticos -, o Heavy Hour traz gente mentaleira pra conversar sobre saúde mental. A psicóloga Sandra Fagundes, ocupante de cargos importantes nas administrações pública estadual e federal, e o também psicólogo Márcio Belloc trocam ideias e nos apontam que “loucura” é essa que tá rolando. Livreiro Bolivar também dá a sua perspicaz dica da Bibliografia Social da semana, o livro “Discurso da Servidão Voluntária”. Ah, e alguns petardos musicais para embalar os papos não tanto em off do programa…

Setlist:
Locked Forever – Distraught
Earth Dies Screaming – Red Eye Flys
Meu amigo Pedro – Raul Seixas
Yo vengo a oferecer mi corazón – Duo Coplanacu
Tenderfly – Chet Baker
Balada do Louco – Arnaldo Baptista
Inner Self – Sepultura

Heavy Hour 26 – 13.02.19 – 2013, o ano em que tudo mudou! 2019, os coletes amarelos na França

Um programa pra reviver 2013 e entender um pouco do que está rolando na França hoje em dia. Esses movimentos todos são – ou foram – bons ou ruins? O encampamento pela direita dessas massas levou o Brasil ao fundo do poço em 2018 – os coletes amarelos correm este risco também? Conversamos com Oro Mendes, que fazia parte do coletivo responsável pela comunicação do Bloco de Lutas, que puxava a frente das manifestações de 2013 aqui em Porto Alegre. Também com a gente a antropóloga francesa Clementine Marechal, que esteve recentemente em sua terra natal e traz o seu panorama das lutas que se seguem por lá. Participação ainda do jornalista Alexandre Haubrich, autor do livro lançado em 2018 “Nada será como antes, 2013”. Nosso livreiro Bolivar (51-989.050.672) também dá a sua dica, o livro “Uma História Social da Mídia”.

Setlist:
Amanhã vai ser maior – La Digna Rabia
Envers et ontre tous – Tagada Jones
D1ST1 – Gilets Jaunes
Drone Wars – Warfect
Bella Ciao – Les Ramoneurs De Menhirs
Yele – Wyclef Jean

Heavy Hour 25 – 05.02.19 – segue o papo sobre Venezuela

Neste segundo programa sobre a josta que está rolando no país vizinho, trazemos novamente o professor e antropólogo Pablo Quintero, venezuelano, e Germano Molardi, jornalista, mestrando em sociologia na UFRGS e militante do PCB e da UJC, contrapondo visões de quem está observando um levante imperialista contra Maduro e de quem está aflito com uma situação que parece não haver uma saída que favoreça o seu povo. Mesmo assim, a concordância de que a intervenção sionista-estadunidense não deve ser uma opção. Participação também do professor do Departamento de Geografia da UFRGS e vocalista da banda La Digna Rabia, Marcelo Câmara. Livreiro Bolívar aparece de novo, no espaço Bibliografia Social, com mais uma dica de leitura e avisando de seu curso (faz contato com ele: 51-989.050.672).

Setlist:
Exu – Metá Metá
Latinoamérica – Calle 13
Fim da ditadura – Valete
Kill a celebrity – Ramallah
Eu não solto a mão – Carlos Hahn
Mandatory Suicide – Slayer