Portões fechados na casa do povo (nota do Bloco de Lutas)

camara-prisaoDepois de insinuar ter sido agredido e ter essa informação amplamente divulgada na empresa RBS, o presidente da Câmara de Vereadores, Thiago Duarte (PDT), está forçando o rompimento com a mobilização que se encontra no local desde quarta-feira pacificamente. Os portões foram fechados e as pessoas estão sendo impedidas de entrar e sair da câmara.

NOTA DO BLOCO DE LUTAS SOBRE SUPOSTA AGRESSÃO

Em resposta ao que o site do jornal Zero Hora publicou na tarde desta sexta-feira, com base em falso depoimento do vereador e presidente da câmara Thiago Duarte (PDT), o Bloco de Luta vem a público esclarecer os fatos realmente ocorridos:

1 – Antes de mais nada é fundamental deixar claro que não houve NENHUMA AGRESSÃO FÍSICA a Thiago Duarte nem ao fotógrafo da Câmara Elson Sempé. Temos imagens que comprovam nossa versão.

2- Queremos também repudiar a jogada política que tenta sabotar a ocupação que mantemos organizados na Câmara desde quarta-feira. Sairemos daqui com as nossas reivindicações atendidas, e não através de pressões criadas por mentiras.

3- Não houve NENHUMA tentativa de invasão da TV câmara por parte dos manifestantes conforme está veiculado nas grandes mídias. Bem pelo contrário a ZERO HORA mais uma vez está nos filmando sem autorização. Vale lembrar, que aqui na ocupação estamos fazendo a cobertura através das mídias alternativas.

BLOCO DE LUTA PELO TRANSPORTE 100% PÚBLICO
12 JULHO DE 2013.

6 thoughts on “Portões fechados na casa do povo (nota do Bloco de Lutas)”

  1. Bom, representantes do movimento já foram até a presidência da Câmara pedir desculpas pois viram um vídeo que mostra sim que houve as agressões.

  2. Pessoal, um breve depoimento. Eu vi o que aconteceu. Estava no terceiro andar da câmara (por uma grande coincidência, diga-se de passagem). Havia uns dois ou três chutando a porta do TV Câmara. Logo chegou o vereador Tiago e o fotógrafo. Vi o pessoal empurrando o vereador (empurrão é agressão? acho que não) e vi um colega chutando o fotógrafo. Isso foi o que eu vi. As gravações que vocês mostraram ocorreram depois (já no segundo andar). Acho que o vereador superdimensionou o fato, mas que houve um empurrão e um chute houve. Para além do “RBS mente”, se nós não assumirmos nossos pequenos equívocos estaremos mentindo também. E nosso movimento é pautado pela verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *