Sessão Bodoqe XIV

Fahrenheit 451. Se você acha que é original esta ideia de se perseguir pessoas, capturar suas leituras e criminalizá-las pelo seu pensamento… Se acha que isso é comportamento somente da ditadura militar, bom, daí é indispensável assistir a Fahrenheit 451. O patrulhamento ideológico é típico dos sistemas capitalistas fundamentalistas tais como os empregados historicamente nos países da Europa Ocidental, principalmente a anglo-saxã e, mais recentemente, é a base da massificação da cultura estadunidense – empregada sem pestanejar no Brasil de décadas passadas, mas que ainda respinga nos dias de hoje.

O filme de 1966, dirigido pelo excepcional e icônico François Truffaut, segue a linha analítica de um futuro obscuro retratado também em obras como Admirável Mundo Novo e 1984 – observações realizadas no início do século XX, que seguiam uma lógica e que tornaram-se metáforas tão verdadeiras da contemporaneidade da sociedade judaico-cristã que nos caracteriza.

Assita a uma parte do filme aqui embaixo.

Não perca!

f451-e-flyer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *