Sessão Bodoqe de Cinema XX

O documentário O Clube terá exibição nesta próxima terça-feira, dia 29, às 19h30 no Comitê Latino-Americano (Vieira de Castro, 133 – entrada franca!). O filme é resultado de cinco anos de pesquisa com foco nas relações sociais de músicos e frequentadores do Clube do Choro de Porto Alegre. O envolvimento de duas jovens artistas – a fotógrafa Ana Mendes e a artista visual Natália Chaves Bandeira – com o grupo provocou o desejo de contar as histórias que ouviram nas noites. Os onze personagens selecionados para o filme, com idade entre 50 e 80 anos, instigou o olhar das meninas que estreiam como diretoras. Com humor apurado, depoimentos sensíveis e registros memoráveis de excelente qualidade musical o filme conta ainda com a importante parceria de Claudinho Pereira que assina a Coordenação de Pós-produção. O projeto tem financiamento do Fumproarte e é uma co-produção da Panda Filmes, Terra Brasília e Ateliê Estúdio Casa.

Sinopse – O Clube mergulha na narrativa de onze personagens que têm suas historias entrelaçadas pela dedicação à musica. Todos com mais de 50 anos de idade vivem intensamente alegrias, saudades e paixões. Importantes músicos da cidade e figuras da boemia porto-alegrense configuram esse universo. Ênio foi vendedor de chapéu de palha e fez carreira como cantor em bailes dos anos 70. Myriam é poeta e cantora; quando jovem quase deixou o noivo por causa de um violão. Professor Darcy é juiz aposentado, exímio violonista e um dos fundadores do Clube do Choro de Porto Alegre onde se reúnem todas as quintas-feiras, há 24 anos.

Ana Mendes é fotógrafa e cineasta documental formada em Ciências Sociais pela UFRGS. Trabalha como fotojornalista freelancer entre Brasília e Porto Alegre. Publicou suas fotos nos livros Guia Turístico Kalunga (Fundação Banco do Brasil); Alumeia, o cerrado que a velha conta (UnB) entre outros. Atualmente dirige o documentário do Projeto Nega Lú (FAC-RS), junto com a parceira Natália Chaves Bandeira; fotografa e pesquisa sobre a Lagoa Mirim no projeto Fronteira Mirim (FAC-RS). Mantém uma coluna mensal sobre fotografia documental no site www.notaderodape.com.br.

Natália Chaves Bandeira é artista visual, figurinista e produtora cultural. Trabalhou durante quatro anos como curadora do projeto Cabaré do Verbo. Atualmente coordena o projeto de vídeo documental com jovens em medida socioeducativa na UFRGS; dirige o documentário do Projeto Nega Lú (FAC-RS). É sócia no Ateliê Estúdio Casa, espaço dedicado às artes visuais, circo e cinema.

Claudinho Pereira é radialista, diretor de televisão e cinema e DJ. Ele é famoso por ser o primeiro disc-jockey de Porto Alegre, mas já recebeu 22 prêmios internacionais em cinema. Atualmente dirige documentários e séries para RBSTV, TvCom e canais de TV da America Latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *