Duas lições sobre a manipulação da mídia

Em vídeo, o baluarte da direita tupiniquim e doleiro Alberto Youssef nomina Aécio Neves como recebedor de dinheiro desviado de Furnas. Este é o mesmo vídeo utilizado pela “grande” mídia para demonizar Dilma Roussef, Lula, o Partido dos Trabalhadores e aliados, quase alterando um resultado de eleições presidenciais e vitaminando protestos que estavam em seu direito democrático, mas que expressavam nitidamente um desejo de acabar com o pensamento contraditório, impondo seus valores e ideologia.

Importante notar o recorte selecionado por estes que também foram promotores da parada do 15/03, destacando que as acusações de Youssef contra Roussef se limitavam a “sabia” ou “não sabia” e a recursos desviados para campanha, enquanto que Neves é claramente apontado como receptor de dinheiro desviado.

Leia o texto de Ferando Brito no blog Tijolaço, clique aqui.

E, aqui, a exclusão pelo site da Globo News de uma entrevista com Jean-Paul Prates, consultor na área de petróleo, comentando a compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, e outras polêmicas que a Petrobras atravessava (isso ocorreu em fevereiro ainda).

Globo-Passadena

Aqui o vídeo excluído:

Leia o post sobre isso no Vi o Mundo, clique aqui.

Nota do Coletivo Catarse: Que TODOS os responsáveis por qualquer podreira pública sejam punidos, e não apenas aqueles que a elite midiática e ideóloga da direita deseja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *