Arquivo da tag: Educação

Estudante afastada da UFRGS denuncia perseguição política

(Entrevista – 2017 – 09′ 55”)

Sinopse
A estudante Lorena de Castilhos, afastada da Universidade Federal do Rio Grande do Sul denuncia perseguição política e diz que continuará cursando geografia.

Nota que a UFRGS nos enviou sobre o caso.

Quanto aos procedimentos de análise socieconômica, a UFRGS esclarece:

É realizada a análise socieconômica de candidatos ao ingresso por reserva de vagas nas modalidades L1 (candidatos egressos do sistema público de ensino médio com renda familiar BRUTA mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo nacional per capita) ou L2 (candidatos egressos do sistema público de ensino médio com renda familiar BRUTA mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo nacional per capita autodeclarado preto, parto ou indígena); tendo como referência o salário mínimo nacional vigente quando da inscrição no processo seletivo.

Em 2016, passaram pela análise socieconômica nas modalidades L1 e L2 cerca de 1.500 candidatos. Destes, em torno de 180, considerando os diversos chamamentos, fizeram a matrícula em caráter precário, para que não houvesse prejuízo no acompanhamento do semestre letivo, enquanto a equipe Multidisciplinar de Análise da Condição Socioeconômica realizava uma criteriosa análise de toda a documentação apresentada pelos candidatos, a fim de que fosse verificado o atendimento aos requisitos legais. Essa equipe é constituída por técnicos de várias formações, incluindo contadores e assistentes sociais.

Durante a análise, se necessário, são feitas entrevistas que possibilitam, inclusive, que os candidatos apresentem documentos complementares solicitados pela Comissão. Conforme o edital do Concurso Vestibular, o candidato deverá enviar os documentos no prazo determinado sob pena de perda vaga.

Uma vez cumprida a entrega de documentos nas sucessivas oportunidades que a Universidade concede até a conclusão da análise, o parecer de não homologação somente é aplicado se constatado que a renda bruta mensal familiar per capita ultrapassa o limite de 1,5 salário mínimo nacional. Ainda assim, é previsto o direito de recurso por via administrativa dentro dos prazos regulamentares.

A UFRGS não expõe publicamente documentos ou se pronuncia sobre o teor dos processos interpostos por candidatos a fim de garantir o sigilo das informações pessoais do interessado.

Entrevista e edição
Tiago Rodrigues e Jefferson Pinheiro