Arquivo da categoria: Clipe

Cidadão bem de merda

Quando lançaram o petardo em clipe “5 Tiros“, virei para um dos integrantes da Hempadura e disse: ih, quero ver superarem isso que vocês acabaram de produzir!

Pois esse é um dos grandes dilemas das artes: obras tão boas, tão impactantes, que passam a assombrar os seus autores.

Confesso que a curiosidade me embalou por um tempo numa morbidez hardcore, tentando entender o que as mentes duras de hempa estavam tramando mais uma vez – “Ha-ha! Lá estão eles, de novo, atrás das telas dos computadores, matutando o que fazer… Pffff, 5 tiros de verdade, e o sexto de festim…” – subestimava.

Que nada! Desgraçados, destroçadores de críticos-crônicos de música. Mais uma vez, conseguiram.

A narrativa do novo clipe é tão foda quanto a própria música. A estética já é de um selo conhecido de quem segue a banda – imagens sujas, galera gritando cantando em semicírculo, em plano médio, muitos filtros… Não é ruim, muito pelo contrário, é uma marca, um tipo Hempadura de “clipar”.

Na história, a estupidez humana de um tipo dominante, infelizmente, na sociedade brasileira. Não que todos esses que se identifiquem ao estereótipo “de bem” sejam misóginos, racistas e estupradores, mas é, de fato, um conceito que catapulta essa violência pela cortina da defesa de costumes. Que se levanta e serve direitinho para escamotear atitudes de perversão sexual – se você duvida, pergunte para qualquer profissional Assistente Social que lida com abusos de crianças e adolescentes, que não seja ligado a alguma igreja, e a confirmação virá. Sem falar que as informações estão todas ali, em vários momentos do clipe, sem nuances de linguagem.

E, então, talvez o “pior” do clipe seja isso: é preciso assisti-lo algumas vezes para assimilar tudo o que é exposto. Mas, vamos combinar, com uma obra dessas num momento destes, a adrenalina agradece!

Resistir é o compromisso

Lançamento do tão aguardado segundo clipe da banda Boca Braba Hardcore, que tivemos prazer de produzir.

Neste novo clipe a banda mostra sua nova formação que vem cada vez mais ganhando destaque e força no cenário underground do RS.
Resistir é o compromisso, mostra uma banda coesa, determinada e focada. Firmando sua ideologia e mostrando que a música vai além de mostrar só rifes pesados e batera marcante.

Produção: Coletivo Catarse e Boca Braba Hardcore.
Imagens, edição e color grading: Billy Valdez

Segue a letra deste petardo sonoro:

Resistir é o compromisso

Quem é o dono do poder? País da falsidade, vampiro da gasolina o diabo na terceira idade
Vidas do avesso, mascarados tem seu preço, aqui na América Latina nos seguimos a rotina
Trabalhar pra sustentar um bando de parasita, a polícia militar, suas máfias e milícias, empreiteiras, estatais, um consórcio de quadrilhas que não passam nos jornais mas atingem as famílias!
Mas atingem as famílias!
Mas atingem as famílias!
Nossos problemas banais! Na terra dos marajás! Ratos roendo estatais! Associações patronais! Nossos problemas banais! Na terra dos marajás! Ratos roendo estatais! Associações patronais!
Querem fazer tu te render, os escravos da vaidade, essa mídia corrompida nos guiando pra insanidade,

Ferve de certezas arrombando a natureza, sociedade é movida a carbono e a frieza.

O caos tá nas favelas, vai madeira nos cortiços, a polícia senta o braço, resistir é o compromisso!

O caos tá nas favelas, vai madeira nos cortiços, a polícia senta o braço, resistir é o compromisso!

Resistir é o compromisso!

Resistir é o compromisso!

Sou Evander Holyfield, tô blindado até a alma, vim pra ver o Rei cair a anos to mantendo a calma, não me treina nem me testa sem plateia e nem palmas, ao sistema explorador não entregarei minha alma!

Não entregarei minha alma!

Não entregarei minha alma!

Não entregarei minha alma!

Que toda a corja queime!

Mais uma vez a Hempadura acerta a mão – acerta o grito, acerta o alvo. O clipe Queimem! faz jus ao belo album Artigo 331, recentemente lançado, fazendo bela seqüência ao petardo semiológico 5 Tiros (clique aqui). A montagem é milimétrica, traz referências visuais claras ao que se quer passar de mensagem, a fotografia escolhida segue na penumbra e na obscuridade quente que delineiam o momento atual do Brasil.

Os caras parecem que nasceram para o que vivemos hoje, crescem num ativismo hardcore que se apoia numa excelente música. Queimem! é muito bem produzida, a bateria não é mecânica, não vive de ciclos, tem muita quebrada e retomada, assim como a linha de baixo, mas o destaque fica para a guitarra, que de base passa para um alívio melódico que não deixa o som perder força. E sem comentários para os vocais e para a letra que rege o som – como que Kalleb consegue “gritar” daquele jeito e não soar um mero grito desesperado?! Porque eu, pelo que está acontecendo, estaria às lágrimas, esbagaçando minha voz: QUEIMEM BANDO DE FILHADAPUTAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH!!!

Confira também o primeiro Heavy Hour do ano, falando do album Artigo 331:

Texto: Gustavo Türck

Ficha técnica
Produção: Hempadura e Coletivo Catarse
Imagens: Hempadura
Montagem e edição: Hempadura
Direção de fotografia/Finalização/cor: Billy Valdez

Memória Sesmaria Feat Bataclã FC 2018

Capitalismo & Esquizo Poesia é ação griô, falavra, doc cênico, performance da Bataclã FC em 2018 com a Lola da Glória Lorena Sanchez mastigando poesia, com canções e poesias de Richard Serraria junto a Guilherme do Espírito Santo, Duke Jay da Monte Cristo e ainda Bódi Lambari do Belomé, Sandro Gravador do Morro Santa Tereza, Pingo da Tinga Borel, Danilo Marcondes, Vitor Curth e Filipe da Vila Burgdurff. A canção “Memória Sesmaria” (Assim falou Bataclan, 2006) faz parte dessa intervenção atual da gente laranja porto alegrense. Apresentação única dia 22 de setembro de 2018 na Casa da Lola em Porto Alegre, evento disponível mediante ingresso antecipado em https://www.facebook.com/events/21174…

Ficha técnica:
Captação:
Gustavo Turck e Têmis Nicolaidis (Coletivo Catarse) mais imagens de móvil Lola del Parque Rodô
Edição Vídeo Poesia: Têmis Nicolaidis
Gravado no Espaço Cultural 512 com captação de áudio by SLAP
Mixagem e masterização do som: Guilherme do Espírito Santo (Bataclã FC)

Cobertura Show PENSE em POA

Clipe de cobertura do show de lançamento do novo álbum REALIDADE, VIDA e FÉ da banda PENSE, que rolou em Porto Alegre no início do mês de Agosto/2018. Evento contou também com os shows das bandas locais ASTER, Lapso de Insanidade, Drop Inside e Audere, também rolou flash tattoo, comidas, ceva artesanal e muita diversão.

Produção do evento: AudioCore Produtora e GIG Music.
Ficha técnica: Imagens e edição por Billy Valdez.