Arquivo da tag: Saúde

Heavy Hour 28 – 26.02.19 – A hecatombe das abelhas! Lá se vai indo o mundo…

Constam informações de que mais de 250 milhões de abelhas morreram desde outubro do ano passado somente no centro-oeste do Rio Grande do Sul. A causa? O veneno usado nas lavouras de soja. Que coincidência!

Neste programa, conversamos com o veterinário e professor de apicultura, João Bernardo Feeburg, tratando desse desastre anunciado, que encaminha um colapso ambiental – mais um! -, e como pode nos afetar.

E o livreiro Bolivar em mais uma dica Bibliografia Social da semana: A Não Violência – Uma História Fora do Mito, de Domenico Losurdo. Ouve aqui e fala com ele (51-989.050.672)!

Power trio do Coletivo Catarse completo nesta edição.

Setlist:
No Rain – Blind Melon
Toxicity – System of a Down
Here Comes The Sun – George Harrison
Núcleo Base – Ira!
When a Demon defiles a Witch – Whitechapel
Do The Evolution – Pearl Jam
Bete Balanço – Barão Vermelho

Heavy Hour 27 – 18.02.19 – se eu sou muito louco… eletrochoque!!! Será que internarão a todos?!

Na esteira do Ministério da Saúde desse golpe ridículo se movimentando para comprar zilhares de máquinas de eletrochoque e devolver ao SUS incumbências semelhantes às de, vejamos, décadas de 1960 e 1970 (hmmmm… ditadura militar?), quando estava em alta internar em manicômios “desajustados” e “loucos” – adversários políticos -, o Heavy Hour traz gente mentaleira pra conversar sobre saúde mental. A psicóloga Sandra Fagundes, ocupante de cargos importantes nas administrações pública estadual e federal, e o também psicólogo Márcio Belloc trocam ideias e nos apontam que “loucura” é essa que tá rolando. Livreiro Bolivar também dá a sua perspicaz dica da Bibliografia Social da semana, o livro “Discurso da Servidão Voluntária”. Ah, e alguns petardos musicais para embalar os papos não tanto em off do programa…

Setlist:
Locked Forever – Distraught
Earth Dies Screaming – Red Eye Flys
Meu amigo Pedro – Raul Seixas
Yo vengo a oferecer mi corazón – Duo Coplanacu
Tenderfly – Chet Baker
Balada do Louco – Arnaldo Baptista
Inner Self – Sepultura

🍃📣 *_Boletim Cepagro Agroecologia #4_*

🌱🍎 *AGRICULTURA URBANA e EDUCAÇÃO AGROECOLÓGICA*
✅  *Turma do NEI Armação visita Horta Comunitária do PACUCA*
Na tarde do dia 28 de agosto, os alunos do Núcleo de Ensino Infantil Armação conheceram a Horta Comunitária do Pacuca, Parque Cultural de Campeche. As crianças se divertiram ao ver numa escala maior o que já estão praticando na escola, como a compostagem e o plantio de hortaliças. https://bit.ly/2wvWuVf

🥗🌽 *AGROECOLOGIA E SEGURANÇA ALIMENTAR*
✅ *Política de Redução de Agrotóxicos é debatida na UFSC*
A Política Nacional de Redução de Agrotóxicos (PNARA) e o Programa Alimento Sem Risco foram discutidos na Universidade. https://bit.ly/2wyXLtP
✅ *Projeto Misereor em Rede segue articulando consumidorxs e agricultorxs*
Em agosto, o projeto articulou visitas de consumidorxs a propriedades agroecológicas em Florianópolis e Águas Mornas (SC). Veja https://bit.ly/2PqEgeZ
✅ *Cepagro participa de Feira de Sementes Crioulas no Paraná*
Mais de 4 mil pessoas e 120 expositores/as participaram da 16ª Feira Regional de Sementes Crioulas e Agrobiodiversidade, realizada em São João do Triunfo (PR). O Cepagro marcou presença com apoio da Misereor. Confira: https://bit.ly/2NcUJFP

🌿🍽 *ENGENHOS DE FARINHA*
✅ *#EngenhoÉPatrimônio*
Série de vídeos com histórias e memórias dos Engenhos de farinha de Santa Catarina. Nesta edição, Marlene Borges, agricultora-agrônoma da Associação Comunitária Rural de Imbituba, a ACORDI, fala sobre a importância do Engenho para a manutenção da biodiversidade e de um modo de vida. https://bit.ly/2PV7O5u

👩‍🌾🌎 *AGROECOLOGIA NA AMÉRICA LATINA*
✅ *Saberes Agroecológicos em Rede #3*
Série de entrevistas com quem faz a Agroecologia acontecer na América Latina. Nesta edição, a nutricionista Cintia Gris, do Centro de Tecnologias Alternativas Populares (RS), fala sobre a importância dos centros de comercialização direta, para os consumidores e agricultores. Assista: https://bit.ly/2wBbrWe

✅ *Siga nossas redes sociais para saber mais sobre ações e eventos agroecológicos!*
📸 Instagram: @cepagro_agroecologia
🌐 Site: www.cepagro.org.br

O ser Juçara – ep3 – Alimento para a Vida

Uma produção da Associação Içara, Butia Dub e Coletivo Catarse!

O ser Juçara é um documentário apoiado pela Rede Juçara, contendo três episódios (Nós e a Floresta, Cultura em Transformação e Alimento para a Vida) de cerca de 30 minutos cada, sobre a cadeia de valores econômicos, sociais e culturais do manejo sustentável da Palmeira Juçara (Euterpe edulis) – o açaí da Mata Atlântica, atualmente ameaçada de extinção assim como todo o bioma. É parte integrante do Projeto Cadeia de Valores da Palmeira Juçara, financiado pelo edital Fortalecendo Comunidades na busca pela Sustentabilidade, uma parceria entre o Fundo Socioambiental CASA e o Fundo Socioambiental CAIXA.

A trilogia retrata, além de toda diversidade encontrada no domínio da Mata Atlântica, as experiências do ser humano com os saberes associados ao manejo da floresta nativa, em especial da Palmeira Juçara. Este terceiro e último episódio, Alimento para a Vida, fiinaliza a nossa história apresentando as alternativas e a importância que os frutos da Palmeira Juçara têm para oferecer para alimentar nossas vidas. Com certeza sua contribuição vai para além da nutrição e da culinária, mas é, sim, um elemento delicioso que pode compor os mais variados pratos. No entanto, é preciso entender esta palmeira como parte de uma cadeia de valores culturais, que se relaciona e se apresenta como chave não só da preservação da floresta, mas da sustentabilidade das pessoas que vivem nessas regiões e que historicamente lutam para manter seus estilos de vida saudáveis e conectados com as forças da Natureza.

ciclo-logico_jucara

A trilha sonora é original, de autoria da banda de reggae Butia Dub, que, entre outras músicas, apresenta de maneira destacada neste trabalho a faixa Ser Juçara, sonzeira que abre todos os episódios e que faz fundo no trailer oficial da trilogia.

O projeto contempla ainda o lançamento de um site (www.oserjucara.com.br, endereço que temporariamente está encaminhando para as postagens de divulgação), a produção de DVDs para distribuição física e eventos de lançamento e apresentação da trilogia em espaços de Porto Alegre e Maquiné.

Tem interesse de veicular este material? Distribuir para as televisões locais de seu região? Os filmes são finalizados em padrão fullHD e com formato para encaixar nas grades de canais de televisão, tendo entre 27 e 30 minutos com os créditos. O licenciamento é Creative Commons, de livre distribuição e veiculação, com possibilidade de edição do material e reutilização, desde que SEM FINS LUCRATIVOS e com citação da fonte.

Faça contato com a gente: (51) 3012.5509 / gustavo.turck@coletivocatarse.com.br – com Gustavo Türck

PARA ASSISTIR AO EPISÓDIO 1, CLIQUE AQUI.

PARA ASSISTIR AO EPISÓDIO 2, CLIQUE AQUI.

—————————

A palmeira Juçara

Nativa da Mata Atlântica, a Euterpe edulis ocorre do Rio Grande do Sul ao sul da Bahia e também é conhecida como açaí da Mata Atlântica, Içara ou Ripeira, neste caso devido ao uso tradicional de seu caule para produção de ripas e caibros na construção. A planta também é chamada de Palmiteiro ou Palmito Juçara, em virtude do seu uso para produção de palmito em conserva.

A redução da floresta somada à intensa exploração do palmito, colocou a Juçara na lista das espécies ameaçadas de extinção. Entretanto, como apresenta a trilogia O ser Juçara, na última década, o manejo da espécie para uso dos frutos tem se mostrado como grande potencial em termos ecológicos e econômicos e uma saída para evitar o fim da rica palmeira.

A polpa da Juçara é muito semelhante a do Açaí amazônico (Euterpe oleracea) tanto no sabor quanto na aparência e nas propriedades nutricionais.

Aguarde o lançamento do site http://www.oserjucara.com.br para maiores informações sobre a palmeira Juçara!