Arquivo da tag: Cultura

Heavy Hour 32 – 26.03.19 – Questão Guarani na Ponta do Arado!

Mais uma edição de resistência! Heavy Hour, com seu power trio em 3 cantos diferentes, foi praticamente comandado pela antropóloga e presença constante no programa, Clementine Marechal, e o jornalista do Amigos da Terra Brasil e parceirão, Douglas Freitas. Eles trazem cobertura do que está acontecendo no que se chama a Ponta do Arado, um local no extremo sul de Porto Alegre, onde os Guarani estão em processo de retomada de suas terras e enfrentam com apoio e muita resistência a mão invisível da especulação imobiliária. Douglas descreve e Clem nos traz uma série de entrevistas com cacique, outros indígenas e apoiadores. Livreiro Bolívar (51-989.050.6725), no apagar de março, traz sua dica na Bibliografia Social uma homenagem às mulheres. Também temos várias faixas de músicas representativas. A qualidade do audio de estúdio não ficou das melhores, mas o programa é, sem dúvida, dos mais importantes! Ouça aí!

Setlist:
Robert Belles – Preserva Arado
Iron Maiden – Run to the hills
Bataclã FC – Festa de Sinhá
Chico Buarque – Apesar de você
Ratos de Porão – Igreja Universal
Bataclã FC – Foi numa noite dessas
Oz Guarani – O índio é forte
Caetano Veloso – Um índio
A todo povo de luta – Rap Guarani Mbya
Black Sabbath – After All

O Grande Tambor na Comuna do Arvoredo

Documentário – 2010 – 124′ 02”
O filme narra a trajetória do Tambor de Sopapo, que carrega a história da diáspora africana no Rio Grande do Sul. Sua matriz vem pelas mãos e mentes dos africanos escravizados para a região das charqueadas, ao extremo sul do Brasil. É considerado sagrado, retumbando o som por séculos de um purificar religioso para os rituais de matança – realidade presente nas propriedades que produziam o charque entre os séculos XVIII e XIX. A partir da década de 1950, inicia seu caminho no carnaval, quando surgiram as primeiras escolas de samba no estado. O Grande Tambor conta uma parte da história sobre a contribuição dos afrodescendentes na formação simbólica e cultural do povo do Rio Grande do Sul. Sobreviveu pelas mãos de Mestre Baptista, Griô, que preservou a memória e a arte da fabricação de um instrumento de som grave e marcante e que hoje é patrimônio brasileiro.

Heavy Hour 31 – 18.03.19 – Apropriação cultural

Qual o lugar da pessoa negra na cultura brasileira? Qual é a posição do protagonista negro? E o índio, que deu tantas “contribuições” ao povo branco, este branco que assume simbologias que não são suas como…suas – aliás, que SEQUESTRA! Sempre o fez. Neste programa, Contramestre Guto, coordenador do Ponto de Cultura Africanamente, e Alexandre Peres de Lima, antropólogo e cientista social, fazem o que podem para falar na ditadura do tempo do Heavy Hour! A parada é complexa…

E você? Se apropria da cultura dos outros? Hmmmmmmm…

Livreiro Bolivar traz um “guri medonho”, José Falero, da Lomba do Pinheiro, sua primeira obra, “Vila Sapo”. Ouve e liga lá 51-989.050.6725 para saber da história de quem, por ser negro, cai pelas balas da…

Setlist:
Eu Acuso! – Idade Mídia
Xenia França – Pra que me chamas
Spinetta e Los Socios del Desierto – Cuenta En El Sol
Gonzaguinha – Pacato Cidadão
Itamar Assumpção – Vá cuidar de você
Dick Dale – Misirlou
Dor Fantasma – Hey
N.W.A. – Alwayz into somethin
Black Pantera – Punk rock nigga roll

Heavy Hour 29 – 04.03.19 – 2019 de cinzas! Cultura popular ameaçada, a resistência com bloco na rua

Quem mora em Porto Alegre está vendo o descaso com a maior festa popular da cultura brasileira, são anos de má vontade da coisa pública e desorganização geral que acabaram com os desfiles de escolas de samba na cidade – mas há a resistência! Nestes dias 15 e 16 de março, de maneira autônoma, as escolas irão para a avenida e desfilarão naquilo que será marcado como um grande ato de existência!

E para falar disso e muito mais, para sacudir o coreto do Estúdio Monstro, Lucas Kinoshita, músico e pesquisador do Sopapo e professor do projeto Ouviravida, parceiro do Coletivo Catarse nas trilhas sonoras dos filmes O Grande Tambor e Carijo, Karen Santos, secretária executiva da Academia de Samba Puro e vereadora em Porto Alegre pelo PSOL, e o grande Dilmair Monte, diretor de carnaval também da Samba Puro. Tem ainda o Livreiro Bolivar (51-989.050.672) apresentando nesta edição uma obra sobre um dos maiores jogadores do futebol brasileiro: Sócrates, por Tom Cardoso.

Curte aí!

Abram as cortinas da folia – Academia de Samba Puro
Breathe – The Prodigy
Babilônia Suja – Machete Bomb
Nega Ciclone – Richard Serraria
Tassy – Giba Giba
Samba Esquema Noise – Mundo Livre S/A
Cheia de Manias – Raça Negra Versão Metal

Heavy Hour 21 – 08.01.19 – pela deselitização do futebol!

Pra começar um novo ano, em época de especulações mil, vamos falar de futebol, o esporte mais popular do Brasil, mas em franco processo de elitização. Neste programa, recebemos Welington da Silva, conselheiro recém empossado no Internacional, pertencente ao grupo O Povo do Clube, e João Hermínio Marques, advogado, gremista e ex-presidente a Frente Nacional de Torcedores. O papo foi da lama exposta no Inter, passando pela crítica contumaz à elitização nos estádios e chegando na liberação ou não do álcool nos estádios. Nosso âncora, Gustavo Türck, gremista atuante, também foi muito opinativo… A dica do livreito Bolívar, no espaço Bibliografia Social, foi da obra de Umberto Eco, O Fascismo Eterno. E teve muito petardo sonoro também.

Setlist:
Paranoid – Black Sabbath
Megalomaniac – Incubus
Mistério do Planeta – Novos Baianos
Da ponte pra cá – Racionais MCs
The Clairvoyant – Iron Maden
Amizade – Fundo de Quintal
Hells Bells – AC/DC