Início

O Heavy Hour é um podcast produzido pelo Coletivo Catarse, um programa descontraído como uma mesa de bar, mas que não tem nada de happy – o negócio é sério! É gravado semanalmente no Estúdio Monstro, na sede do Coletivo, e vai ao ar em uma rede de rádios comunitárias, webrádios, sites parceiros e plataformas de podcasts!

Clique nas setas para conferir nossa rede fodástica...
Todos os programas
Quartas-feiras
20h - @radiocompelotas 104.5 FM Pelotas 21h - @radioarmazemnet Santa Maria

Quintas-feiras
19h - Rádio Educativa BGV Rio Grande 21h - Rádio Ipanema Comunitária 87.9 FM Porto Alegre

Sábados
18h - Rockpedia, a rádio rock da internet!, Caxias do Sul

Domingos
19h - Rádio A Voz do Morro 88.3 FM, Porto Alegre
Ouça também em...
Repórter Popular

E canais de podcast como Mixcloud, Anchor, Spotfy, Google Podcasts, entre outros.
Previous
Next

Porque não sei bem quem sou nesse país

Por Eliana Marah “Terceiro mundo só se for Piada no exterior… Mas o Brasil vai ficar rico Vamos faturar um milhão Quando vendermos todas as almas Dos nossos índios num leilão Que país é esse? Que país é esse? Que país é esse? Que país é esse? Legião Urbana

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA VIRTUAL: RESISTÊNCIA KAINGANG – FORTALECENDO LAÇOS

Exposição fotográfica virtual Resistência Kaingang – Fortalecendo Laços, com um vasto registro sobre uma percorrida em terras indígenas no ano de 2018.

Miragem

Videoclipe da canção Miragem (Alexandre Vieira e Carlos Patrício), por Mário Falcão e Pablo Lanzoni.

Agenda

Últimas atualizações

Entre tapas e beijos, a roda da economia gira

Por Rodrigo Navarro: Em tempos de séries sobre tudo, ainda há espaço para os filmes? Acho que sim, sempre haverá. Um filme dirigido por Martin Scorsese e estrelado por Leonardo DiCaprio, por exemplo, é um filme que deve ser visto.

Leia mais

A resposta? Está no guru

Por Rodrigo Navarro: A coluna é escrita com um ou dois dias de antecedência da sua publicação. Escrevo na segunda, dia 6 – a véspera. Não tenho elementos para dizer coisa concreta sobre a terça – o dia – que ultrapasse a fronteira das conjecturas.

Leia mais

Obrigado Capita!

Por Grêmio Antifascista: Maicon chegou ao Grêmio em 2015, à época sofríamos com a fila de 15 anos sem grandes títulos de expressão.

Leia mais

Últimas atualizações

Entre tapas e beijos, a roda da economia gira

Por Rodrigo Navarro: Em tempos de séries sobre tudo, ainda há espaço para os filmes? Acho que sim, sempre haverá. Um filme dirigido por Martin Scorsese e estrelado por Leonardo DiCaprio, por exemplo, é um filme que deve ser visto.

Leia mais

A resposta? Está no guru

Por Rodrigo Navarro: A coluna é escrita com um ou dois dias de antecedência da sua publicação. Escrevo na segunda, dia 6 – a véspera. Não tenho elementos para dizer coisa concreta sobre a terça – o dia – que ultrapasse a fronteira das conjecturas.

Leia mais

Obrigado Capita!

Por Grêmio Antifascista: Maicon chegou ao Grêmio em 2015, à época sofríamos com a fila de 15 anos sem grandes títulos de expressão.

Leia mais

Álbum de famílias: casa de ser ou não ser

Por Eliana Marah A névoa tornava as montanhas imateriais, contudo, surpreendentemente, assim pareciam ainda mais opressivas que nos dias claros, quando nenhuma máscara ocultava seus penedos e abismos. Ismail Kadaré Visível para quem caminha pela estrada de chão batido, entre árvores e arbustos, surge o quintal da casinha pintada de azul, onde brincam os filhos e a mãe pendura as roupas. O forasteiro passa, olha as roupas no varal e conclui que há um bebê, crianças maiores e um trabalhador da ferrovia. Gosta da imagem, ajusta a câmera e captura o quadro típico da região. A mulher não vê o

Leia mais
Reportagem em destaque

Impactos e Atingidos: um cálculo em disputa

Esta reportagem é a segunda de uma série dividida em três partes sobre os estudos e análises críticas referentes ao Projeto Fosfato Três Estradas – empreendimento em busca de licença ambiental para mineração de fosfato e calcário em Lavras do Sul/RS – e seu processo de licenciamento.

Leia mais »
Poder Coercitivo em Pauta

No Braziu e na América do Sul de hoje, não são poucas as vezes que se evoca o fim das polícias militares ou então se dá o alarme das forças paralelas, da milícia ou até mesmo do comprometimento das estruturas de segurança com determinada ideologia. Afinal, o que compõe esse poder e como ele funciona? Por que são tantas as evidências das vezes que tanto o exército como a polícia se voltam contra suas populações, bancando não só condutas lesivas, mas até mesmo golpes de Estado? Nesta proposta mais estrutural, a primeira live traz Marcos Rolim, sociólogo e especialista em segurança pública, com ampla atuação no campo dos Direitos Humanos, e Leonel Radde, policial civil, de posicionamento antifascista, e vereador pelo PT em Porto Alegre. Com apresentação de Gustavo Türck e Marcelo Cougo e apoio técnico de Billy Valdez.

O Heavy Hour de volta! Em formato diferente, live e com 2h de músicas e temas pesados! Nesta (re)estreia, entra na série Poder Coercitivo em pauta, somando à discussão mais estrutural feita anteriormente, mas trazendo agora os efeitos nefastos na sociedade. Quem sofre com a pancada do Estado? E por quê? Junto à equipe heavyhourística, teremos Victor Ribeiro, documentarista e ativista com ênfase em registros audiovisuais de ações da polícia, Luiza Correa de Magalhães Dutra, especialista em segurança pública, cidadania e diversidade, Clarice Zanini, advogada, e, direto da Colômbia, Emanuel Girlado Betancur, professor e documentarista.

Confira também

Biblioteca

O Coletivo Catarse indica para a sua prateleira:

Previous
Next
Produção musical

O Estúdio Monstro é onde fazemos parte de nossa produção musical e radiofônica! Gravamos, editamos, mixamos e masterizamos podcasts, músicas e trilhas sonoras – nossas, de amigos e parceiros e também de terceiros. Acesse ao lado, no nosso canal do Soundcloud, e curta vários sons bem bacanas.

Heavy Hour
O Heavy Hour é um podcast produzido pelo Coletivo Catarse, um programa descontraído como uma mesa de bar, mas que não tem nada de happy – o negócio é sério! É gravado semanalmente no Estúdio Monstro, na sede do Coletivo, e vai ao ar em uma rede de rádios comunitárias, webrádios, sites parceiros e plataformas de podcasts!

Clique nas setas para conferir nossa rede fodástica...
Todos os programas
Quartas-feiras
20h - @radiocompelotas 104.5 FM Pelotas 21h - @radioarmazemnet Santa Maria

Quintas-feiras
19h - Rádio Educativa BGV Rio Grande 21h - Rádio Ipanema Comunitária 87.9 FM Porto Alegre

Sábados
18h - Rockpedia, a rádio rock da internet!, Caxias do Sul

Domingos
19h - Rádio A Voz do Morro 88.3 FM, Porto Alegre
Ouça também em...
Repórter Popular

E canais de podcast como Mixcloud, Anchor, Spotfy, Google Podcasts, entre outros.
Previous
Next
Projetos
Ponto de Cultura e Saúde Ventre Livre
Espaço vinculado ao Coletivo Catarse, que propõe oficinas de produção audiovisual, fortalecimento do Tambor de Sopapo e memória do artista Paulo Montiel. As atividades do Ventre Livre tem como objetivo trabalhar a cultura como um agente fundamental na promoção da saúde.
Previous
Next

Últimas atualizações

Resistência Kaingang
Este projeto vem da necessidade de alguns Kaingang em retraçar sua luta pela terra. As obras audiovisuais que serão elaboradas abordam as retomadas de terras Kaingang. Partindo de uma em particular, a de Mangueirinha (PR) em meados dos anos 80 e liderada pelo pai de Iracema, Alcindo Peni Nascimento, abordaremos as retomadas de terras atuais que estão acontecendo no Alto Uruguai e as dificuldades que os Kaingang têm que enfrentar nessa luta que desafia os grandes interesses do capital.
Previous
Next

Últimas atualizações

Projeto Carijo
Tupã fez da erva-mate uma planta sagrada. O Guarani tratou de transformá-la em essencial a sua espiritualidade e em uma bebida simbólica e costumeira. O gaúcho a assumiu como sua. Este projeto versa sobre a metodologia de fabricação artesanal de erva-mate com o carijo, suas implicações, relações e desdobramentos deste conhecimento ancestral, utilizado atualmente por agricultores familiares no estado do Rio Grande do Sul.
Previous
Next
O Projeto "Tambor de Sopapo: Resgate Histórico da Cultura Negra no Extremo Sul do Brasil" tem o intuito de registrar a trajetória deste instrumento através do documentário "O Grande Tambor", descrevendo a sua importância na história do RS desde a época das charqueadas. Lá, iniciando-se em fins do século XVIII, o Sopapo era tocado depois do trabalho como parte de um ritual de consagração, mas em meados do século XX passa a ser utilizado no carnaval, contribuindo para a criação de um samba característico do Sul do Brasil. Confira esta jornada épica sobre a história rio-grandense sob o ponto-de-vista daqueles que construíram grande parte da riqueza do estado com o seu suor e sangue.
Previous
Next
Playlists

Rafael Corrêa

Rafael Corrêa é cartunista e foi um dos fundadores do Coletivo Catarse. A nossa cara toda e nossas cores são resultado de sua imaginação e perspicácia. Um legítimo artista que, mesmo, na atualidade, formalmente à parte da cooperativa, segue sendo nosso amigo e parceiro. Seus cartuns ganharam o mundo! E toda semana seguem sendo publicados aqui no nosso site. Confira e saiba mais sobre: